Gestão feminina é também a chave do sucesso da GOVBR

A participação da mulher na área de gestão cresce a cada ano no Brasil. Do total de empregos em cargos de chefia no país 43,8% são de mulheres, de acordo com a Relação Anual de Informações Sociais (Rais 2017).

A divisão das funções está próxima de um equilíbrio entre os profissionais, sejam do sexo masculino ou feminino.

Mais importante que isso, é que cada vez mais mulheres ocupam de maneira reconhecidamente merecedora, funções de chefia por suas habilidades, competências e experiências.

Exemplos de gestão bem-sucedida em setores chefiados por mulheres são comuns na GOVBR, empresa de Blumenau presente em 13 estados do país, que atua com soluções para gestão pública..

Especialmente na área de TI, onde só 20% dos funcionários no Brasil são do sexo feminino, a empresa blumenauense tem conquistas importantes e é exemplo para o país.

A diretora de Desenvolvimento de Produto, Virgínia Kayser da Silva, salienta que não passa por sua cabeça a ideia de que as empresas tenham que obrigatoriamente se preocupar em garantir um percentual de cargos para mulheres:

“Tenho uma visão que não é tão necessário um estilo de cotas. Temos habilidades e competências para conquistar mais espaço. Eu nunca me vi sendo diminuída, e acredito que tem muito a ver com o estilo de nossa empresa e como tratamos isso em nossos valores”.

Apesar disso, a profissional que já está há 15 anos na empresa e que começou na coordenação da área de Qualidade, função ligada diretamente à presidência da empresa, reconhece que há cenários no mercado onde o contexto é mais inibidor, mas de fato, nunca vivenciou experiências que gerassem algum tipo de depreciação pelo fato de ser mulher.

“Nós mulheres somos muito fortes e determinadas. E temos uma percepção aguçada do que acontece nas entrelinhas, nos caminhos que não são apenas de hierarquia. E acredito que a gente acaba tendo muita facilidade nisso, gerando integração de áreas e times. Este é um grande diferencial da mulher”, destaca.

Virgínia passou pelos setores de coordenadoria de Qualidade, Diretora de Planejamento & Qualidade, Diretoria de Desenvolvimento como interina, Diretoria de Planejamento, Qualidade e Marketing. E ela vê uma cultura muito forte na GOVBR na valorização da mulher, no papel de líderes e como a condução de atividades é bem organizada entre as equipes.

Ela tinha planos de curto prazo na empresa ao fazer parte da equipe em 2004. Vinda do Rio de Janeiro, seu planejamento profissional era que em dois anos retornaria ao local de origem. Mas baseada nos desafios e nas oportunidades em Blumenau, acabou ficando.

“Assumi funções que me fizeram conhecer muito bem as diversas áreas da empresa, como de negócios e financeiro. E percebo sempre este estilo positivo de assumir e superar desafios”, conta.

Por fim, a profissional dá dicas para novas profissionais no mercado:

“Seja bem vinda. Aproveite todas as oportunidades que a GOVBR tem a oferecer. O ambiente é muito favorável para quem deseja crescer, inovar, assumir riscos, e buscar conquistas. É importante respeitar a história da empresa, então traga aquilo que você pode adicionar a esta história, pautada sempre em nossos valores”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui