Organização que impacta na produtividade

O casal Leandro e Marlice Barbieri, moradores da Linha Pratinha, em Descanso, tem uma rotina de trabalho intensa: os dois comandam a empresa rural da família, uma área de 36 hectares, na qual as principais atividades são a produção de leite, gado de corte, grãos e suinocultura terminação. Com o objetivo de otimizar os processos de produção e facilitar o dia a dia na propriedade, a Família Barbieri participou em 2019 do programa “De Olho na Qualidade Rural” – que faz parte do Projeto “Encadeamento Produtivo Cooperativa Aurora Alimentos: suínos, aves e leite”, que é realizado em parceria com entidades e cooperativas.

Associada da Cooper A1, a família entrega uma produção de 15.000 litros de leite/mês e mantém um plantel de 610 suínos terminação e 115 cabeças de gado para corte. Com o auxílio da consultora credenciada ao Sebrae/SC Rosane Maria Haselstron de Souza, foram identificadas as principais lacunas da propriedade, que impactavam na produtividade e nos custos de produção, sendo principalmente questões de organização dos materiais de trabalho. “Desde o início do programa, a família colaborou e apoiou incisivamente para que as melhorias ocorressem na propriedade. Por esse motivo foram escolhidos, devido ao forte apoio para executar essa iniciativa. Cada membro da família está assumindo a responsabilidade de realizar, manter e melhorar as tarefas do dia a dia”, destaca a consultora.

MELHORIA

Para Rosane, as mudanças realizadas na propriedade colaboraram com a qualidade de vida e incentivaram a responsabilidade de cada um na manutenção da ordem e da disciplina. O patriarca da família ressalta que a união fez a diferença no processo. “O fato de sempre termos trabalhado juntos faz com que os resultados sejam cada vez melhores e rápidos, pois estamos unidos e organizados, adotando mais facilmente a continuidade para as melhorias necessárias”, afirma Barbiei.

A família pretende ter a empresa certificada com o selo “Propriedade Rural Sustentável” e para tal, sabe que tem ainda mais trabalho pela frente. “O que fizemos até agora não é nem 10% do que queremos implantar. É um grande desafio que temos, mas sempre trabalhamos juntos e pelo melhor para a família. Agora não será diferente”, orgulha-se.

A consultora destaca que a implantação do programa permitiu bons resultados, demonstrando à família a importância da praticidade, do conforto e da maior produtividade gerada por ela. “Contribuiu também para melhorar a questão comportamental, autoestima e espírito de cooperação. Além de melhorar a disponibilidade dos materiais, combateu o desperdício e ajudou a manter o controle dos estoques e a racionalizar os insumos”, finaliza.

PARCEIROS

O “Encadeamento Produtivo Aurora Alimentos: suínos, aves e leite” é desenvolvido em Santa Catarina com as parcerias do Sebrae, do Senar, do Sescoop, do Sicoob, da Fundação Aury Luiz Bodanese, da Cooperalfa, da Itaipu, da Auriverde, da Coolacer, da Copérdia, da Caslo, da Cooper A1 e da Coopervil. No Rio Grande do Sul, conta com a parceria do Sebrae, do Sicredi, da Cooperalfa, da Cooper A1 e da Copérdia. No Paraná participam o Sebrae, a Cooperalfa, a Copérdia e a Cocari e, no Mato Grosso do Sul, Sebrae, Coasgo e Cooperalfa.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui